Um olhar sobre o curso EFA de Manicura e Pedicura em funcionamento no Centro de Formação IDEIA XXI, Paços de Ferreira

19
Nov 10

A arte da massagem tem sido praticada desde tempos antigos e continua a desfrutar de uma profunda expressão e impacto, tanto para quem recebe como para quem executa.

Em todas as culturas que conhecemos existe uma palavra para designar a massagem e, a partir de estudos dos clássicos, afigura-se que os antigos Chineses, Gregos e Romanos praticavam métodos de massagem.

A actual popularidade da massagem pode ser explicada pela necessidade, cada vez mais permanente, de um regresso aos valores “naturais”, em reconhecimento das condições altamente desgastantes da vida moderna. A reacção contra fundamentos inaceitavelmente desumanos, em particular na área da saúde, incentivos ao renascimento de terapias que tinham sido banidas na era cientifica.

Quando realizamos uma massagem, a uma pessoa, estabelecemos um contacto com ela, e criamos, no fundo, uma comunicação sem palavras. As mãos da pessoa que está a realizar a massagem têm o poder de estabelecer e transmitir essa mesma comunicação.

A massagem tem efeito sobre vários tecidos: a pele, o tecido celular subcutâneo, o tecido muscular e as fibras nervosas. Certos tipos de massagem são indicados especialmente para determinados tecidos. A mobilização de tecidos moles pode ser considerada como uma das mais generalizadas terapias energéticas dos tempos actuais. É eficazmente utilizada em grupos de relaxamento e como método de terapia natural.

A massagem serve, exactamente, para suavizar a pele e para manter ou devolver a sua elasticidade e tonicidade. E serve, internamente para activar a circulação sanguínea e linfática.

Desta forma, a massagem favorece o intercâmbio de oxigénio e alimentos, o que permite uma melhor actividade celular e uma melhor eliminação de toxinas. A massagem actua também ao nível das terminações nervosas, e segundo o tipo de massagem, pode provocar uma sensação de relaxamento ou de activação muscular.

O trabalho da manicura e pedicura tem como objectivo usar as técnicas de massagem adequadas para as regiões da mão, antebraço, perna e pé.

O uso das mãos e braços durante todo dia, provoca muita tensão e dor nas mãos, pulsos e braços. A massagem das mãos e braços é muito útil, não só alivia a dor dos braços e das mãos, mas também resolve problemas de má circulação do sangue e artrite. Também pode reduzir qualquer tipo de pressão no pescoço e na cabeça devido ao sistema nervoso.

A massagem da mão e antebraço pode ser feita por 5-10 minutos, aliviando as dores e proporcionando bem-estar à cliente.

A massagem do pé é fundamental e imprescindível. Na região plantar do pé existem pontos reflexos correspondentes a todos os órgãos do corpo. Por isso cada vez mais se fala em reflexologia e a massagem assumiu uma importância enorme para a saúde e bem-estar geral. Ao pressionar os pontos específicos do pé, reduz-se a dor, está-se a estimular a circulação sanguínea, com um impacto benéfico em todo o organismo.

Hoje, a massagem (independentemente do método) é considerada como uma forma eficaz de prevenir doenças, reforçar o sistema imunitário, ajudar o corpo a "curar-se a si mesmo" e como uma terapia de relaxamento do corpo e da mente sendo utilizada na nossa profissão Manicura-Pedicura como forma de libertar o stress aos nossos clientes.

 

Trabalho realizado por:

 

¬  Conceição Costa

¬  Alice Gomes

¬  Cidália Rocha

¬  Rosa Machado

publicado por Efa Manicura e Pedicura às 09:41

Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

16
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
mais sobre mim
blogs SAPO